Trabalho em rede

Trabalho em rede

Intervir em rede é sobretudo agir e interagir num sistema onde todos os actores são fundamentais para a resolução do problema.

A intervenção em rede exige multidisciplinariedade e interdisciplinaridade, interacção e disponibilidade.

A problemática das crianças institucionalizadas é transversal. Exige uma intervenção articulada e integrada em rede. Pelo que, ao efectuar-se um plano de intervenção para cada criança em acolhimento residencial na Ajuda de Berço é imprescindível o estabelecimento de uma rede para a obtenção de um bom resultado.

Na Ajuda de Berço intervir em rede é uma metodologia adoptada desde a criação desta instituição.

Acolher e proteger a criança, definir um projecto de vida, prevenir a institucionalização, ??? exigem intervir em rede…

A rede é constituída por todos os intervenientes: as equipas técnicas; os profissionais; a família; a criança; e os vários parceiros da comunidade – hospitais; maternidades; tribunais; CPCJ´s (Comissão de Protecção de Crianças e Jovens); escolas; segurança social; outras IPSS’s (Instituição Particular de Solidariedade Social); etc..

Em rede todos os intervenientes têm um papel a desempenhar, onde nenhum é de menos importância!

Quem ganha? Todos, mas naturalmente as crianças!