Irmãos

Irmãos

Irmãos para sempre

Ao longo de 19 anos de intervenção a Ajuda de Berço acompanhou 363 crianças, ao abrigo da Lei 147 /99 – promoção e protecção de crianças e jovens em perigo (agora lei 142/2015).

Das crianças acompanhadas 24 % do total, ou seja 90, pertenciam a 43 fratrias de irmãos. Foi sempre preocupação da Ajuda de Berço não separar irmãos! Por razões sócio afectivas, por razões de ética e por todas as outras que também todos sabemos… é através da irmã ou do irmão que aprendemos a partilhar, a dar o brinquedo que sempre foi o nosso preferido, a confessar os nossos segredos mais íntimos ou a pregar uma “partida” a alguém. Laços de união e amor inesquecíveis! Às vezes pinceladas de zangas e brigas momentâneas e marcação de território. Mas a vida é isto!

Pois são por estas e tantas outras razões que a Lei nº142/2015, Artº58, n.1 alínea j consagra: “A criança e o jovem acolhidos em instituição (…) têm em especial os seguintes direitos: (…) não ser separado de outros irmãos acolhidos, excepto se o seu superior interesse o desaconselhar”.

Do acompanhamento e intervenção técnica realizados, na Ajuda de Berço, em situações de fratrias, destacamos que:

– das 71 crianças que saíram da instituição, 69 seguiram o mesmo projecto de vida, ou seja, os irmãos  ficaram juntos;

– apenas em 2 situações de meios irmãos, sem relação afectiva estabelecida  tiveram respostas diferentes e as alternativas existentes fizeram com que seguissem o seu caminho separados.  A título de exemplo, José[1] e Luís[2] filhos da mesma mãe mas de pais diferentes. Nunca viveram juntos! Quis o destino que se encontrassem na Ajuda de Berço, tinham em comum uma vida de incerteza e negligência.

Os diferentes pais reclamaram os seus respectivos meninos. A cada um o Tribunal confiou a sua criança!

Procura-se adaptar um espaço próprio à exigência de cada fratria. Procura-se manter o afecto, a protecção que cada um deles tenha sobre o outro e procura-se sobretudo nunca separar irmãos.

Ter um irmão é ter para sempre uma infância lembrada com segurança e outro coração. Tati Bernadi

[1] Nome fictício

[2] Nome fictício