Acolhimento Residencial

Acolhimento Residencial

Para a equipa da Ajuda de Berço, que diariamente procura dar resposta às necessidades de cada criança aqui acolhida, é fundamental destacar-se que toda a intervenção tem como foco a própria criança!

Não podemos descurar que, apesar de necessário em situações de risco e perigo, o acolhimento é um factor desestabilizador e de grande sofrimento para a criança, que na maioria das vezes não tem capacidade de compreender que estava em perigo e o porquê de ter sido afastada dos adultos de referência.

É árduo o trabalho de proporcionar um desenvolvimento saudável e ensinar-lhes de facto a serem crianças!

Nesse sentido e acreditando que estas famílias não só merecem como têm o direito de serem, sempre que possível, capacitadas para o papel parental, é fundamental um trabalho sustentado de equipas técnicas com competência e pareceres fundamentados e oportunos.

O trabalho a efectuar é difícil, os contextos são difíceis e exigem por isso equipas multidisciplinares que trabalhem em parceria e clima de confiança entre elas, por forma a que esta situação de crise seja ultrapassada e se torne num momento gerador de mudança e capacitação para a família.

As diferentes e difíceis vivências das famílias, assim como os recursos internos que cada uma possui divergem e só é possível efectuar-se uma intervenção de sucesso – entendendo-se como sucesso um retorno familiar seguro – se existir um trabalho consertado com vista à eliminação de situações de perigo para as crianças. Considerando-se fundamental a disponibilidade da família e a sua pretensão de mudança.

Tudo isto se torna desafiante quando temos em conta o tempo útil das crianças, que inevitavelmente passa a uma velocidade maior do que o dos adultos.